• ligia

Primeira comida congelada


Para começar, queria deixar bem claro que não tenho nada contra a comida congelada, ok?!

No entanto, confesso que tinha um pouco de receio em dar comida pronta para meu filho e por isso decidi eu mesma fazer todas as refeições depois que ele completou 6 meses. Não foi nada fácil, meu filho não dormia a noite, acordava a cada 2 horas e demorava mais de 30 minutos para dormir novamente – bem vindos à maternidade!

Porém, mesmo sem conseguir dormir o suficiente, lá estava eu na cozinha preparando a comida, além de fazer as tarefas de casa, brincar com o meu filho e trabalhar em home office. Meu marido chegava do trabalho depois das 22h e ninguém pôde me ajudar por causa da pandemia, eu estava muito cansada e já não estava mais aguentando enfrentar a situação sozinha.

Foi então que comecei a pensar em que eu estava gastando mais tempo durante o dia e descobri que eu ficava muito tempo na cozinha! Além disso, eu também não tinha muitas receitas e meu pequeno já estava começando a enjoar da comida e quando ele não comia eu ficava irritada por causa do cansaço.

Então, como um sinal do Universo, vi um anúncio do Liv Up, uma empresa que utiliza ingredientes 100% naturais e prioritariamente orgânicos – lembrando que eu não tenho vínculo algum com a empresa, sendo esta a minha mera opinião como consumidora.

Bom, eu tinha receio de “comida pronta” por causa de produtos químicos que são usados, e como as comidas da Liv Up são feitas de ingredientes naturais resolvi experimentar – mas, obviamente, o cansaço contou bastante para tal experiência. Sendo assim, comprei o "kit mais vendido".





Ele é embalado um por um, a vácuo. E aí é só colocar em banho maria ou no micro-ondas e... pronto! – todos (ou quase todos) os seus problemas foram resolvidos num passe de mágica!






Dei o brócolis a vapor para o meu filho experimentar - pois ele come de tudo menos brócolis. E, para a minha surpresa, ele comeu tudo sozinho!

Fiquei muito feliz e aproveitei para experimentar também, já que vieram 2 pacotes de brócolis no kit, e eu amei! Não sei se é porque eu nunca tinha comido verduras orgânicas antes, mas achei o sabor bem diferente do brócolis convencional que acostumo comer. Ele é bem saboroso, então nem precisei colocar tempero, muito menos sal. As outras comidas do kit também tinham ótimos sabores e temperos leves, assim consegui dar para o meu filho sem me preocupar com nada.

O kit era composto com o almoço para 7 dias, ou seja, 21 pacotes no total (3 tipos de acompanhamentos por dia). Porém eu escolhia 1 ou 2 pacotes por dia, só para completar a refeição – vez que já tinham arroz e feijão prontos - , então durou mais de 15 dias. É uma ótima opção quando você está sem imaginação para preparar os acompanhamentos ou quando está cansada, assim, eu diria que esse kit me ajudou muito.

Portanto, se você tem receio, assim como eu tinha, de dar comida congelada ao seu filho, esta preocupação não existe mais! Hoje em dia, assim como a Liv Up, existem no mercado várias marcas que utilizam produtos naturais e orgânicos.


P.S.: o único ponto negativo, na minha opinião, é que eles usaram castanha para temperar várias refeições – e eu não curto muito.


P.S.2: por último, gostaria de agradecer o Daniel da Liv Up, pois quando entrei em contato para pedir a permissão para publicar sobre o produto, ele foi muito simpático e tive um ótimo atendimento!


Então, se você se interessou, acesse o site deles e bom apetite!


https://www.livup.com.br/





14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo